O mundo dos games como um todo tem passado por intensos debates sobre como as Lootboxes podem ser prejudiciais a um jogo, ainda mais se elas fizerem parte do sistema de progressão dele, e hoje foi a vez da BlueHole entrar na discussão sobre o seu grande hit: PlayerUnknown’s Battlegrounds.

Num evento de perguntas e respostas na G-Star Global Game Exhibition, na Coreia, o CEO da PUBG Corp, Changhan Kim comentou sobre a política da companhia envolvendo lootboxes e como elas vão afetar PlayerUnknown’s Battlegrounds futuramente.

Segundo ele, a PUBG Corp e a BlueHole têm toda a intenção de continuar usando lootboxes no jogo, mas apenas para itens cosméticos, já que há uma forte demanda dos fãs de Battlegrounds por mais itens desse tipo dentro do jogo.

Kim ainda ressaltou que a BlueHole não vai, de jeito algum, usar as lootboxes de maneira que afete o gameplay do jogo, e que elas funcionarão apenas como forma de customizar o seu personagem, semelhante ao que a Valve faz com Counter Strike: Global Offensive.

“Como vocês já devem saber, nós nunca vamos adicionar algo que afete o gameplay. Entretanto, há uma forte demanda por itens cosméticos. Como o lançamento oficial do jogo é a nossa prioridade, nós vamos trabalhar nisso na sequência”.

Kim ainda deu uma declaração interessante sobre a falta de um modo de treino dentro de PUBG:

“Francamente, eu acho que aí está o charme de PUBG. O nosso pensamento foi ‘não há treino na vida real, o jogo deve ser difícil’, já que entregar algo realista era o importante. Entretanto, muitos jogadores pedem um modo tutorial ou um estande de tiro, e nós acreditamos que isso possa ajudar alguns jogadores, então nós estamos desenvolvendo um plano para adicionar isso ao jogo depois do lançamento oficial”.

PlayerUnknown’s Battlegrounds tem seu lançamento oficial programado para o dia 12 de dezembro para PC e Xbox One.

Facebook Comments
Categories: JogosSteam

Gabriel Sampaio Pangardi

JOVEM PAULISTANO DESDE 1997, ENTUSIASTA DA CRIAÇÃO E CONSUMO DE CONTEÚDO AUDIOVISUAL DE E PARA DIVERSOS FINS COM PRIORIDADE PARA REDES SOCIAIS MAS NÃO SE LIMITANDO A ELAS.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com